sábado, 9 de novembro de 2013

Viagem Europa/Brasil - dieta no aeroporto e no avião

E dessa vez vocês nem precisam perguntar se estou bem, sumi e reapareci aqui no Brasil =)))

Viajei na terça feira de manhã e entre aeroportos, voos e esperas, dessa vez foram 34h de viagem (Finlândia - Brasil). Já faço essas viagens longas há algum tempo, mas é impossível dizer que me acostumei... a ansiedade inicia alguns dias antes do "dia D" e não acaba até que se chegue no destino final.

Bem, quero aproveitar esse post para compartilhar dicas que aprendi durante essas experiencias. Ideias para fazer a sua viagem mais tranquila, especialmente para quem vive esse lifestyle.

Dessa vez planejei muito bem todas as minhas refeições dessas 34h, porque depender da comida do avião ou do aeroporto é pedir para catabolizar... Só a situação em si já me deixa com o intestino lento e o corpo inchado (horas e horas sentada), imagina só se eu fizesse cerca de oito refeições seguidas de comida cheia de sódio, pobre em proteína e rica em gordura e açúcar? Acredito que 99% das pessoas que não seguem a nossa rotina já sentiriam a mudança, imagina só para o nosso corpo que já reclama um pouco (ou muito!) depois de uma refeição livre um pouco mais trash?

Eu fui bem estrategista, deixei o meu dia do lixo exatamente para o dia da viagem, porque sei que é muito difícil (por mais que se queira) seguir o cardápio de sempre, e porque sei que quando me sinto cansada o corpo pede comida (carbo, carbo, carbo!!). Saí cedinho de casa, com as marmitas a tira colo. Optei por refeições leves, mas que não fugissem da rotina: levei salada, quibe caseiro, frutas, bolinho proteico, ovos cozidos, batata doce assada e um sache de whey protein. Em viagens internacionais (pela Europa), líquidos só em embalagens de até 100mL e fechados em um pacote zip-lock (que alguns aeroportos vendem e outros dispõe de graça).

Na primeiro lanche do avião, troquei o quiche de legumes pelo meu bolinho saudável de todas as tardes. O jantar no avião foi a minha refeição livre: nhoque com molho vermelho e um (micro) pedaço de brownie. Bebi também vinho na tentativa de relaxar e conseguir dormir melhor (o que não adiantou muito, porque dessa vez não dormi nada).

1- No aeroporto de Munique, ainda pelo meio do caminho, mas já com cara de cansada!
2- Almoço que levei na marmita: legumes (com molho de coalhada seca, curry e alho em pó) e quibe de frango. Na marmita do marido também tinha arroz, mas eu me contentei com o carboidrato do bulgur (quibe).
3- Lanche da tarde no aeroporto com mais quibe e um expresso duplo com baunilha (cafeína, por favor!)

A água é outro ponto importante. Sabemos da necessidade de se hidratar, certo? Agora multiplique isso pelo ambiente seco que é dentro do avião e pelo poder de eliminar toxinas que a água propicia. A minha garrafinha tem espaço certo na bolsa de mão. Na Europa a água da torneira é limpíssima (e sem cloro!), além da maioria delas ainda terem a opção de graduar a temperatura do gelado ao morno. Não tenha vergonha, abra a torneira e encha a sua garrafinha. Não há necessidade de pagar quase 5 euros por uma garrafinha de 500mL de água (preço do aeroporto, chega a ser mais caro do que algumas bebidas).

Por último, caminhe, alongue-se e se movimente sempre que possível. Pode parecer bobagem, mas a má circulação causada pela posição desconfortável e pela falta de movimento nas pernas realmente é um problema e pode levar até a morte (saiba mais aqui: Síndrome do avião apertado - viagens longas e aeronaves cheias aumentam o risco de trombose nas pernas, o que pode ser fatal).

É isso, pessoal! Se precisarem de qualquer coisa é só perguntar. E se tiverem mais alguma dica, compartilhem também :)

A viagem foi longa e eu continuo super cansada, mas como essa também é (estrategicamente) minha semana recuperativa, está tudo sob controle. Eu estou em Floripa, se alguém estiver por perto e quiser uma parceira para uns treinos loucos... vou adorar!! =D

Tenham um ótimo final de semana!

Bjs

20 comentários:

  1. Aiii sim heim Gi! De volta à terrinha brazuca rsrs
    Nunca nem andei de avião, quiçá fiz viagens mais longas q 6 ou 7 hrs, mas de carro msm. Viajar é uma delícia, mas ô trem q cansa rsrs
    E ó, não sei qndo nem como nem com q certeza, mas ainda planejo um pulo aí na ilha para encontrar-lhes rs

    Bjãoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um mal necessário, né? Sempre que to lá em cima digo que nunca mais na vida vou entrar num avião... mas chegando aqui esqueço de tudo :)
      Estamos te esperando, amiga!

      Bjao

      Excluir
  2. Adorei o relato da viagem, deve ser bem complicado mesmo, afinal são muitas horas de voo... pena que tu não passa por aqui :/ e eu só vou pra esses lados em janeiro, queria muitoooooooo te conhecer!
    Vou aderir as marmitas na viagem :)
    Boas férias e aproveita bastante beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, tão perto e ainda longe... mas um dia a gente ainda vai se conhecer, certeza ;)
      Obrigada, Line!

      bjao

      Excluir
  3. Gi, 34 hs?
    Muito bom seu relato e mostrando que planejando pode dar tudo certo. Linda na foto!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Lidi.. essa vez foi uma das piores, pq esperamos muito nos aeroportos. Na verdade dentro do avião mesmo são "só" umas 15h.
      Obrigada, amada!

      Bjs

      Excluir
  4. Giii saudade de vc e do seu blog! que bom saber que vc esta aki no Brasil! bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camiii!! Vc faz tanta falta :(
      Vem passear aqui em Floripa, vem!!

      Bjs

      Excluir
  5. Parabéns pelo planejamento! Seja bem vinda!
    bjs
    Rosângela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pela tentativa, né Rosangela?
      Obrigada =)

      Bjao

      Excluir
  6. Como você levou o whey?? Quantidade, sacos... A segurança não implica?
    Valeu e parabéns pelo artigo, muito bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Na bagagem despachada é tranquilo, já levei algumas vezes e nunca deu problema.
      Na bagagem de mão eu geralmente levo aqueles saches (lacrados com uma dose). Uma vez levei uma dose na coqueteleira (sem água) e foi td ok também. Não podemos passar com líquidos, cremes e afins...

      Obrigada :)

      Excluir
    2. Gi, estou indo para dublin, agora dia 26, gostaria de saber de como vc fez para levar o whey protein, posso levar na mala despachada como vc mesmo disse? mais no pote mesmo? será que eles não pensam que é cocaina e querem me parar? ou eu posso ficar tranquilo em relacao a isso. ?? Parabens pelo blog

      Excluir
    3. Gi e Vodkaneedlcd, vocês compraram whey na viagem e trouxeram na mala despachada? Foi tranquilo?

      Excluir
    4. Na mala despachada. Compro sempre um pote gigante (4kg), as vezes dois. Nunca deu problema, pq essa é uma quantidade pequena, apenas para consumo próprio. Não sei dizer qual seria esse limite...

      Excluir
  7. Oii, sei que é um post antigo mas irei viajar do Brasil para a China final do ano e seu blog foi o único que explica tão bem sua viagem!!
    Como você fez para manter a temperatura de suas marmitas? Eles não barram marmitex por ter mais de 100g? Da pra levar várias marmitex na bolsa?
    Tenho medo de estragar a comida.. Ou eles não deixarem tanta comida entrar mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Oii, sei que é um post antigo mas irei viajar do Brasil para a China final do ano e seu blog foi o único que explica tão bem sua viagem!!
    Como você fez para manter a temperatura de suas marmitas? Eles não barram marmitex por ter mais de 100g? Da pra levar várias marmitex na bolsa?
    Tenho medo de estragar a comida.. Ou eles não deixarem tanta comida entrar mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jessica!
      Eu voltei a morar no Brasil e não faço viagens internacionais há quase 2 anos, mas na minha época não tive problemas com as marmitas. Líquidos eles não deixam mesmo... já tentei um iogurte lacrado e não passou.
      Sobre a temperatura da comida, hoje em dia existem umas opções de marmitas térmicas super modernas. Eu não sou a melhor pessoa para te ajudar nessa, pq adoro comida direto da geladeira.. hehe

      Boa viagem!!

      Excluir
  9. Por favor
    Irei viajar para Buenos Aires e gostaria de levar minha proteína em pó (whey), bcaa...como posso transporta-las? Própria embalagem..sacos plásticos? Obrigada

    ResponderExcluir
  10. Como posso transportar minha suplementacao em vôo internacional ? Próprias embalagens..sacos plásticos ? Grata. Beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...